PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Em protesto contra a morte de homem negro, supermercado é destruído em São Paulo

PUBLICIDADE

Um supermercado da rede Carrefour, foi destruído em São Paulo, no início da noite desta sexta-feira (20).

De acordo com informações da CNN Brasil, as pessoas estavam em uma manifestação quando desceram a rua Pamplona, próximo à Avenida Paulista, e foram até o shopping onde fica a loja do Carrefour.

A fachada do shopping e do supermercado foram depredadas e os manifestantes conseguiram derrubas as grades que protegiam o local.
Durante o protesto, os manifestantes chegaram à pôr fogo dentro da loja, que foi rapidamente apagado.

As pessoas protestavam contra a morte de José Alberto Silveira, de 40 anos.
Nesta quinta-feira (19), João Alberto foi morto por dois seguranças em uma das lojas da rede Carrefour em Porto Alegre.

Deixe um comentário