Foto: Reprodução
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Uma jovem de Mogi das Cruzes desmentiu, por meio de suas redes sociais, sua própria acusação de assédio sexual feita contra um motorista de aplicativo recentemente na internet. Ela alega que estava bêbada e causou uma confusão.
“Ele me respeitou e manteve toda a conduta exigida pelo aplicativo, não fez nada, ao contrário de mim que, estava bêbada, derrubei bebida no carro e causei uma confusão sobre o pagamento. Peço desculpas pelo prejuízo. Ele é um homem de bem e de confiança”, disse ela na publicação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Anteriormente, centenas de pessoas viram a publicação que denunciava e expunha a imagem do motorista, caluniosamente.
Na nova publicação, um amigo do motorista o defendeu.
“Quem conhece sabe que o cara é do bem e jamais faria uma coisa dessas. Ele poderia estar preso ou morto sem ter culpa alguma”, afirmou.
Outra mulher também comentou e defendeu a vítima, na mesma publicação.
“Por causa de uma coisas [falsas acusações] assim que quando acontece de uma mulher ser molestada de verdade tem gente que duvida”, disse.

Segundo a legislação no artigo 138 do Código Penal (Decreto 2.848/1940), o crime de calúnia pode gerar de 6 meses até 2 anos de reclusão, que podem ser substituídos por fiança que variam de 1 até 50 salários mínimos.

Participe do canal “Clube Hoje Diário” no Telegram, é totalmente grátis

Temos um convite para todos vocês que acompanham o site HojeDiario.com, conheça o canal “Clube Hoje Diário” no Telegram.
Lá, vocês terão acesso a notícias fresquinhas, vagas de emprego, informações sobre concursos públicos, entretenimento e muito mais.
Ofereceremos sorteios, promoções e cupons de descontos especialmente para membros do canal.
Lembrando, para participar do canal Clube Hoje Diário, É TOTALMENTE DE GRAÇA.
Para participar, basta você ter Telegram e acessar o link https://t.me/clubehojediario

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui