Morador de Suzano perde uma das pernas e realiza ‘vaquinha’ para arrecadar dinheiro para prótese

PUBLICIDADE

Como seria se um dia você acordasse com o pé inchado, tivesse de ir ao hospital e, ao voltar, você estivesse sem uma das suas pernas?
Essa foi a situação de Marcos Vinícius, de 43 anos.
Mas não se engane. Apesar da história tensa, ele a conta dando risadas, característica sua que lhe deu o apelido de “Risada”. Em casa há 18 meses, saindo somente para ir aos médicos ou na farmácia, ele contou um pouco de sua história e de sua nova realidade ao site HojeDiario.com

Após jogar uma partida de futebol, uma bolha apareceu em seu pé, o que é normal para qualquer pessoa que joga com uma chuteira nova. Mas o trabalho intenso que ele tinha de realizar como funcionário público e a falta de cicatrização por causa da diabetes impediram que fosse algo momentâneo. Quando em meados de fevereiro de 2020 ocorreu a enchente que atingiu Suzano, Marcos pegou uma bactéria na ferida aberta que a bolha já tinha se tornado.

“Dia 15 de janeiro, Suzano teve uma chuva muito forte, que alagou várias cidades, meu carro alagou e meu pé teve uma bactéria e no dia 28 de janeiro (porque eu não tinha percebido que meu pé tava infeccionado), eu acordei com o pé inchado e fui no hospital para ver o que era, e não voltei mais com perna para minha casa”, disse Marcos.

Ao retornar, ficou junto de uma tia para se recuperar e acostumar com a nova rotina, além de ser cuidado pela família. Foi depois de 5 dias que voltou para sua casa que Marcos perdeu a visão dos dois olhos, também em função da diabetes.
Ao ir no oftalmologista, ele foi diagnosticado com descolamento de retina nos dois olhos, além de vasos estourados e inicio de catarata também nos dois olhos. Seriam necessárias intervenções cirúrgicas, mas isso tudo ocorreu em meados de março de 2020, justo quando a pandemia do coronavírus (Covid-19) começou a afetar diretamente o Brasil.

Afastado do trabalho e de suas casas de Stand-Up que foram afetadas pela pandemia, Marcos teve de esperar sua visão se recuperar ‘naturalmente’ até que em outubro pode fazer a primeira cirurgia. Até o momento, cinco das seis necessárias foram feitas. Foi a partir desse momento que ele começou a pesquisar próteses para a possibilidade de se adaptar a uma nova vida. “Eu resolvi pesquisar situação de prótese. Mas a princípio, eu achava que uma prótese custava uns 10, 15 mil reais. Eu conhecia umas pessoas que tinham ganhado prósteses do SUS, mas não conseguiam se adaptar porque ela não era de qualidade e até machucava eles, precisando as vezes trocar em dois anos e comprar uma de melhor qualidade”, disse ele.

Ao fazer uma pesquisa mais apurada, encontrou um ortopedista de São José dos Campos que lhe recomendou um modelo com o qual eles trabalham, mas o valor seria R$ 65 mil. Marcos disse que não gostaria de fazer loucuras para comprar a prótese, como vender casa ou carro, então buscou fazer uma vaquinha para ser auxiliado na conquista desse prótese.
“Eu me viro com a muleta, mas o médico já avisou que com o tempo pode forçar o joelho e dar algum problema. Sou grande, pesado e tudo isso interfere nisso. Vamos ver no que vai dar [essa vaquinha], estou confiante que vamos chegar no valor”. disse ele confiante.

O endereço da arrecadação para a prótese de Marcos é https://abacashi.com/p/protese-para-o-rizada
Qualquer valor é aceito para ajudar.

Ele já comemora que a totalidade da visão já está próxima, o que deve ocorrer após a sexta cirurgia nos olhos e, agora que voltou a enxergar, Marcos ingressou na faculdade. Mas não só isso ele comemora. Ele diz que já tem servido de exemplo às pessoas que já passaram ou passam pela mesma situação que ele.
“Eu estou servindo de exemplo para um monte de gente, o que é meio estranho, mas acaba virando uma superação que todo mundo que chega no estado que eu estou, acaba virando exemplo de superação para alguém. Então, eu estou bem feliz. Espero que essas histórias motivem pessoas a ajudarem também”, finalizou.

Participe do canal “Clube Hoje Diário” no Telegram, é totalmente grátis

Temos um convite para todos vocês que acompanham o site HojeDiario.com, conheça o canal “Clube Hoje Diário” no Telegram.
Lá, vocês terão acesso a notícias fresquinhas, vagas de emprego, informações sobre concursos públicos, entretenimento e muito mais.
Ofereceremos sorteios, promoções e cupons de descontos especialmente para membros do canal.
Lembrando, para participar do canal Clube Hoje Diário, É TOTALMENTE DE GRAÇA.
Para participar, basta você ter Telegram e acessar o link https://t.me/clubehojediario

Deixe um comentário