Foto: Divulgação/PSD

O deputado federal e ex-prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli, criticou o atual prefeito Caio Cunha na forma como ele e a Prefeitura têm tratado o caso da cobrança do ISS (Imposto Sobre Serviços) na cidade. Segundo ele, Caio tem sido muito “mal orientado”.

“Não me parece adequado e nem [agora é] o momento mais oportuno para a cobrança do ISS sobre as construções adicionais. Mesmo que esse fosse o momento ideal, falta um entendimento da capacidade de pagamento, falta diálogo, o estudo, a possibilidade de parcelamento. E me parece, na minha opinião, que o prefeito Caio Cunha é muito mal assessorado nesse sentido. Porque um secretário municipal tem a obrigação de orientar o prefeito, estudar a matéria, e entender como fazer e as vezes o prefeito é levado a um equivoco, por ser mal orientado e acaba sendo prejudicado”, disse o deputado federal em entrevista ao Radar com Marilei Schiavi.

Bertaiolli ainda disse que, por falta dessa ação mais ativa dos secretários municipais, o prefeito é o único que tem levado a culpa de toda a situação. Na opinião do ex-prefeito, Caio Cunha está carecendo de uma equipe mais robusta para auxiliá-lo na condução

O deputado federal ainda disse que as fotos áreas podem ser usadas para diversos fins, como fiscalização e impedimento de invasões e ocupações em áreas ilegais, mas que cobrar o ISS por meio das imagens foi decisão do ex-prefeito Marcus Melo. “O prefeito anterior Marcus Melo optou usar as fotos para cobrar o ISS da nossa população, coisa a qual eu fui pública e radicalmente contra na época e ainda sou contra. E o prefeito Caio Cunha, que disse como vereador que não cobraria se fosse prefeito, agora quer cobrar o ISS. Então, uma coisa é o que você fala quando não está na Prefeitura e aquilo que você faz”, disse Bertaiolli.

“Nós estamos num ano de tecnologias. Já acabou essa história do prefeito assumir a administração e ficar colocando a culpa no prefeito anterior. Isso aí não funciona mais. A responsabilidade de administrar a cidade, é de quem está no cargo de prefeito. É bom ser prefeito? Eu adorei. É fácil ser prefeito? Não é fácil. Você tem que tomar decisões difíceis, impopulares. Mas assuma as responsabilidades por seus atos”, ressaltou.

Ele ainda disse que não fez a cobrança do ISS e nem outros aumentos possíveis durantes seus governos porque não havia necessidade, assim como não há agora, em sua opinião. “Por que eu não cobrei o ISS nos meus oito anos de governo? Porque não precisava, porque não precisa. Porque você tem como entender a capacidade contributiva da população. Eu tive oito anos e não fiz aumento de planta genérica, não houve aumento exagerado de IPTU, não fiz cobrança do ISS maior do que se pode pagar. Por que não fiz? Porque eu não concordo!”, finalizou o ex-prefeito.

Participe do canal “Clube Hoje Diário” no Telegram, é totalmente grátis

Temos um convite para todos vocês que acompanham o site HojeDiario.com, conheça o canal “Clube Hoje Diário” no Telegram.
Lá, vocês terão acesso a notícias fresquinhas, vagas de emprego, informações sobre concursos públicos, entretenimento e muito mais.
Ofereceremos sorteios, promoções e cupons de descontos especialmente para membros do canal.
Lembrando, para participar do canal Clube Hoje Diário, É TOTALMENTE DE GRAÇA.
Para participar, basta você ter Telegram e acessar o link https://t.me/clubehojediario

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui