PUBLICIDADE

2022; século XXI. As coisas mudaram bastante e a forma de divulgar um produto (ou serviço) também. Se antes, grandes empresas estampavam páginas de revistas e estrelavam comerciais no horário nobre, hoje a disputa é por 15 segundos de um fenômeno da internet: os influenciadores digitais – ou apenas “influencers”.

PUBLICIDADE

Não há uma fórmula definida para fazer sucesso nas redes sociais. Você pode ter uma carreira diferente e falar sobre o seu trabalho; fazer recomendações de passeios ou ensinar algo prático ao seu público. O importante é que, hoje, ser influencer deixou de ser um hobby e se tornou uma profissão.

E como qualquer outra carreira, ela gera dinheiro. Mas como ainda é algo relativamente novo, muita gente se questiona: o que é preciso para viver do trabalho feito na internet?

E é aqui que entra o mídia kit.

Vale para micro ou mega influencers

O mídia kit é uma espécie de currículo com algumas páginas, nas quais constam as principais informações sobre o influenciador digital e seus números na plataforma que usa (ex: Instagram, TikTok etc.). Logo, o básico que o mídia kit precisa conter, sobre o influenciador digital, é:

  • Nome e foto;
  • Username (o famoso @) e plataforma(s) que atua;
  • Descrição sobre o conteúdo produzido no perfil;
  • Insights, que são as estatísticas da página, isto é: quantos seguidores, média de quantas visitas, quantidade de seguidores engajados (que interagem com o influencer), entre outros;
  • Informações sobre o público-alvo; e os
  • Serviços prestados.

Como assim “serviços prestados”?

O influenciador digital pode trabalhar com parcerias/permutas, divulgando um produto em troca de recebê-lo gratuitamente – os tais “recebidos – ou um local, tendo como pagamento a experiência naquele lugar, por exemplo.

Para ter uma boa negociação, o influencer pode estipular o preço de suas publicações já no mídia kit. Por exemplo:

  • Um post + dois stories = R$ 1.000,00;
  • Quatro stories em quatro dias da semana = R$ 2.000,00.
  • Um reels = R$ 3.000,00.

E é por isso que várias empresas solicitam o mídia kit do influenciador antes de fechar uma parceria: para ter certeza de onde estão investindo o seu dinheiro.

Os valores acima são fictícios, mas não pense que eles estão “fora da curva”. Além do mais, quem gasta com publicidade para a sua empresa, sabe o quanto um anúncio pode ser caro.

Uma das mudanças que a internet trouxe foi a “proximidade” entre pessoas distantes. Por isso, cada vez mais vemos pessoas seguindo “dicas” dos influenciadores digitais, principalmente se são pessoas da região.

Como dizem por aí: as pessoas não querem mais comprar coisas ou serviços. Elas compram experiências. E dependendo do desempenho do influencer, seus possíveis clientes não se importarão se é uma “publi” ou não.

Apresentei o meu mídia kit e a empresa topou. E depois?

Apesar de não ser obrigatório, eu recomendo muito – muito mesmo – que você celebre um contrato de parceria de influenciador digital para todos os serviços que fechar, ok?

O ideal é que um advogado especializado assessore essa relação e elabore o documento, para definir exatamente o que foi contratado e alinhar as expectativas das partes.

Não entendeu? Então basta pensar que o trabalho do influencer é, justamente, influenciar pessoas, e não as obrigar a comprar alguma coisa. Logo, sem um contrato adequado e uma intermediação bem-feita, existe um grande risco de o influencer ser confundido com um representante comercial.

Resumindo: não deixe o barato sair caro. Pense que você é a sua própria empresa e deve cuidar bem dela, deixando-a regular, com todos os documentos importantes. Além de evitar problemas com seu cliente, mostra o quanto você valoriza o seu trabalho e atua com profissionalismo.

E aí, você é um influencer ou conhece algum? Já envie este texto pra ele(a). E você, empreendedor(a), já imaginou contratar algum influencer da sua cidade para divulgar o seu negócio?

Gostou deste texto? Achou a linguagem bacana?
Então, não deixe de conferir mais artigos na minha coluna no “Hoje Diário”, com textos rápidos e direto ao ponto, sobre Direito do Trabalho, LGPD e Empreendedorismo. Para enviar dúvidas, sugestões e acompanhar dicas para você e sua empresa, basta seguir @rebeka__assis no Instagram ou acessar www.rebekaassis.com.br
.  

Ótimo dia e ótimo trabalho!

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui