PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Preço dos remédios são reajustados em 5,6% a partir desta sexta-feira (31)

O governo federal autorizou o reajuste de até 5,6% no preço dos remédios. A medida foi publicada e já passa a valer a partir desta sexta-feira (31).
A determinação para reajustar os preços partiu da Cmed (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos), órgão da Anvisa, e considera a inflação de março de 2022 a fevereiro de 2023 e outros indicadores do setor.

O valor, porém, é menor do que em outros anos. Por exemplo, em 2021, o reajuste foi de 10,08%, enquanto em 2022 foi de 10,98%.
Para este ano, todos os indicadores foram zerados, levando somente em conta a inflação do período (5,6%). Como é um reajuste máximo, o aumento somente incide sobre o preço máximo que pode ser cobrado pelo remédio, não necessariamente sobre o valor praticado nas farmácias.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) diz que a regulação do reajuste não protege o consumidor por não funcionar da forma como se propõe, porque permitiria diversos reajustes ao longo do ano.

Participe do canal “Clube Hoje Diário” no Telegram, é totalmente grátis

Temos um convite para todos vocês que acompanham o site HojeDiario.com, conheça o canal “Clube Hoje Diário” no Telegram.
Lá, vocês terão acesso a notícias fresquinhas, vagas de emprego, informações sobre concursos públicos, entretenimento e muito mais.
Ofereceremos sorteios, promoções e cupons de descontos especialmente para membros do canal.
Lembrando, para participar do canal Clube Hoje Diário, É TOTALMENTE DE GRAÇA.
Para participar, basta você ter Telegram e acessar o link https://t.me/clubehojediario