Assistência Social de Suzano estuda implantação de projeto ‘Escuta Especializada’ voltado para vítimas de abuso sexual

Em audiência pública realizada neste terça-feira (22), na Câmara de Suzano, o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Geraldo Garippo, revelou que os Conselhos Tutelares de Suzano poderão ter neste ano a ‘Escuta Especializada’, serviço feito por profissionais capacitados para evitar a revitimização de pessoas que sofreram abuso sexual.

A revitimização, ou vitimização secundária, acontece quando questionamentos constantes sobre o abuso são feitos por profissionais, o que faz com que a vítima experimente um sofrimento continuado e repetitivo que acabam gerando constrangimentos, fazendo com que desistam de denunciar seus agressores ou de prosseguir com os processos criminais.

O secretário informou que a “Escuta Especializada” é um procedimento para atender crianças que sofreram abuso sexual e precisam ser ouvidas por um grupo específico de profissionais.

“A gente não tem este serviço implantado hoje. Eles são atendidos na Saúde, são atendidos às vezes na Assistência. Nós temos que criar uma porta de entrada única para que a criança seja ouvida apenas uma vez. Para que ela não tem que ficar repetindo o episódio para vários profissionais”, explicou, Geraldo Garippo.

Durante a audiência pública, o secretário foi questionado pelos vereadores presentes sobre a possibilidade da criação do terceiro Conselho Tutelar de Suzano, Garippo explicou que concorda com a ideia, mas que para transcorrer o projeto é necessário um alto investimento. Dessa forma, há preferência em melhorar o atendimento nas duas unidades existentes, localizadas no Centro e na região Norte do município.