PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Atenção: Prefeitura de Suzano alerta para golpes na “Operação Cata-Treco”; Homens estão passando por funcionários

A Prefeitura de Suzano emitiu um alerta à população sobre golpes associados à “Operação Cata-Treco”, um serviço municipal destinado ao descarte adequado de materiais inservíveis.
A população deve ficar atenta a indivíduos que abordam residências sem o uniforme oficial do serviço, sem o caminhão caracterizado e que solicitam dinheiro para a retirada de itens.

Uma ocorrência recente no bairro Vila Amorim levantou suspeitas de golpe. Dois homens, vestindo camisas pretas e sem identificação da prefeitura, afirmaram estar recolhendo um sofá como parte da operação.
Eles não possuíam o caminhão do serviço e pediram dinheiro para transportar o móvel a um ecoponto, alegando que o veículo estava quebrado. A moradora, desconfiada, não permitiu a entrada dos homens e notificou a prefeitura.

A administração municipal enfatiza que a “Operação Cata-Treco” é um serviço gratuito, realizado conforme demanda. Os moradores interessados devem agendar o serviço pelo link https://bit.ly/CTnoBairro, pelo telefone (11) 4745-2055 ou pelo WhatsApp (11) 94555-3867.
O horário de atendimento é das 9 às 17 horas, e os itens aceitos incluem madeiras, sofás, colchões, eletrodomésticos e outros materiais inservíveis, exceto resíduos de construção civil. O serviço também recolhe isopor, vidro e óleo, que deve ser entregue em garrafas PET fechadas. Os materiais devem ser deixados do lado de fora das residências, sem necessidade de entrada dos agentes nas casas.

Denúncias de golpes ou outras situações irregulares podem ser feitas à Ouvidoria Municipal pelo telefone 0800-774-2007 ou pelo e-mail ouvidoria@suzano.sp.gov.br.