PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Empreendedor, como está a sua saúde?”, por Rebeka Assis

Um estudo realizado pela empresa Endeavor mostrou que mais de 94% dos chamados “empreendedores de alto impacto” já sentiram ao menos um sintoma de adversidade mental.

Falar sobre saúde mental nunca é demais.

Apesar de algumas pessoas ainda considerarem o assunto como algo supérfluo, as pesquisas continuam comprovando a importância de uma mente saudável.

Dessa vez, um estudo realizado pela empresa Endeavor apresentou dados alarmantes: 94,1% dos empreendedores considerados “de alto impacto” já sentiram, ao menos, um sintoma de doença relacionada à parte mental.

Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto.

O que são os empreendedores de alto impacto?

Resumidamente, são considerados “empreendedores de alto impacto” os responsáveis por empresas com crescimento acelerado e alta escalabilidade, especialmente na geração de empregos e renda.

E não é incomum surgir, no meio do caminho, a pressão de uma mudança de rotina repentina ou a preocupação com a manutenção do patamar da empresa e os empregos gerados.

Por isso, os números impressionam. E eles não se resumem a esse perfil profissional. Na verdade, qualquer empreendedor pode se sentir impactado mentalmente.

Quais são os sintomas mais comuns?

Entre os mais de 90% de empreendedores afetados, 56,8% consideram a rotina de trabalho estressante ou muito estressante e 64,4% trabalham mais de 50 horas por semana.

Além disso, mais de 77% dos entrevistados tiveram, pelo menos, duas condições adversas e 38,1%, pelo menos, três problemas de saúde mental.

Algumas das mais citadas foram a ansiedade, com 85%, burnout, com 37%, ataque de pânico, com 22% de citações, e depressão, com 21%.

Sim, o assunto é sério e deve ser tratado como tal.

Como prevenir?

Outro estudo, dessa vez realizado pela empresa Inc., indicou três formas de prevenir a sobrecarga mental e o desenvolvimento desses sintomas. São eles:

  • Exercícios físicos, para auxiliar na redução da ansiedade e melhora do humor;
  • Pequenas pausas durante o expediente, para atividades alheias ao trabalho. Alguns entrevistados relataram até utilizar o tempo para cochilos; e
  • Tempo de qualidade com as pessoas que gosta, valorizando relacionamentos afetivos e cuidando da saúde emocional.

Cuidar da saúde mental é um caminho sem volta. Além de deixar a sua vida mais leve e saudável, te ajudará a gerir seu negócio com mais equilíbrio.

Então agora, mais do que nunca, é hora de afastar os preconceitos e cuidar de si, ok?

Ótimo trabalho e até semana que vem!

E aí, você tem alguma dúvida que gostaria de ver respondida aqui na coluna?

Envie uma mensagem no meu Instagram ou um e-mail para contato@rebekaassis.com.br, e eu terei todo o prazer em responder.

Aproveite e conheça meu trabalho em www.rebekaassis.com.br.

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)