PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Polícia Civil investigará morte de bebê nascido em terminal rodoviário de Mogi das Cruzes

A Polícia Civil de Mogi das Cruzes iniciou uma investigação sobre as circunstâncias da morte de um bebê, que nasceu prematuramente em um terminal rodoviário da cidade.
O caso ocorreu após a mãe, que estava grávida de 19 semanas, buscar atendimento na Santa Casa de Mogi das Cruzes. Durante a consulta, exames realizados indicaram que o bebê, então com 20 semanas, estava vivo.
Apesar de apresentar dores e sangramento, a mãe foi liberada pela equipe médica sem receber o resumo de alta, que detalharia os procedimentos realizados e as prescrições médicas.

No caminho de volta para casa, a mãe sentiu dores intensas, levando-a a sentar-se em frente ao vestiário do terminal rodoviário. Neste momento o bebê nasceu, já sem vida.

Após o ocorrido, a mãe retornou à Santa Casa, onde foi necessário abrir um novo número de atendimento.
Esse novo atendimento incluiu a internação da mãe para realização de uma curetagem e a retirada da placenta.