PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Incentivado por Whindersson Nunes, empresário de Suzano utiliza impressora 3D para criar ferramenta que pode auxiliar em resgates no Rio Grande do Sul

Incentivado pelo comediante Whindersson Nunes, o empresário suzanense Marcelo Richard, de 38 anos e proprietário da MR Impressões 3D, tem atuado com um grupo de artistas e impressores que estão produzindo um estoque de uma ferramenta inovadora. Esta ferramenta pode auxiliar no resgate de pessoas e animais ilhados no Rio Grande do Sul.

O estado sofreu grandes inundações desde o último dia 29, afetando 428 municípios. Até o momento, segundo a Defesa Civil do Estado, há 1,482 milhão de pessoas afetadas, 374 feridos, 136 desaparecidos e 107 mortos.

Com 165 mil pessoas desalojadas e apenas 67 mil abrigadas, a população tem se mobilizado intensamente para resgatar quem está ilhado ou preso em residências devido às enchentes. A Tron Robótica Educativa, uma startup de tecnologia, desenvolveu um modelo de suporte flutuante que facilita a locomoção sobre a água.
A peça, que pode ser impressa em 3D, utiliza garrafas PET em sua montagem. A empresa disponibilizou o modelo gratuitamente para quem deseja imprimir e enviar para o Rio Grande do Sul.

“Soube através de um post do Whindersson e da Tron e levamos para o grupo de impressão 3D que temos no Facebook para que interessados ajudassem”, disse Marcelo, que começou a trabalhar na área após ser demitido de uma empresa de segurança eletrônica, onde atuou por 18 anos. Ele adquiriu sua impressora 3D e trouxe a novidade para Suzano e região, tornando-se um entusiasta e colecionador de itens impressos.

Marcelo visa enviar 10 peças para o Rio Grande do Sul, apesar das dificuldades de produção e do tempo de impressão, que pode chegar a 7 horas por peça.
“A dificuldade é o tempo de impressão, além de ter de deixar os pedidos dos clientes de lado para confecção dessa ajuda, mas vale a pena”, explicou.

Ele relatou sua própria experiência com inundações quando criança em Suzano, onde uma enchente levou a perda de todos os seus pertences, o que o faz empatizar profundamente com os afetados pelas chuvas no Rio Grande do Sul.
“Sei que tudo vai se ajeitar e voltar ao normal, mas, até lá, temos que ajudar de toda forma”, afirmou Marcelo.

Ele também fez um apelo.
“Gostaria de pedir a todos que têm impressora 3D que possam baixar e imprimir este arquivo. É gratuito e uma peça a mais pode ajudar a salvar vidas“, disse.
O arquivo da Tron pode ser acessado pelo link https://tron-edu.com/blog/334-sos-rio-grande-do-sul-tron-robotica. Posteriormente, a Tron divulgará onde as peças impressas devem ser enviadas no Rio Grande do Sul.

Modelo da peça; Reprodução/Tron
Modelo da Boia; Reprodução/Tron