PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Oposição a Rodrigo Ashiuchi será nas ruas”, diz nota do PSOL de Suzano sobre as eleições municipais

O Diretório de Suzano do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) divulgou uma nota, nas redes sociais, sobre as eleições municipais deste ano.
Na nota, a direção municipal psolista repercutiu que a sigla consolidou-se como uma importante força de esquerda na cidade e que a oposição ao prefeito reeleito Rodrigo Ashiuchi (PL) será nas ruas, já que todos os partidos da Câmara, segundo o texto, estão na base de apoio do mandatário.

Leia a nota completa do PSOL Suzano, abaixo.
“As eleições de 2020 apontam uma mudança importante em todo o país, em especial para o PSOL 50. Nestas eleições Bolsonaro é o maior derrotado, já que seus candidatos a prefeito não foram eleitos em nenhuma capital brasileira e os vereadores que ele apoiou, em sua ampla maioria, não venceram.O PSOL vai para o segundo turno em São Paulo com Guilherme Boulos e em Belém com Edimilson. Dentro da esquerda, o PSOL é o partido que mais cresceu e se fortaleceu, ampliando seu número de vereadores e de prefeitos.Em Suzano, o prefeito Rodrigo Ashiuchi ( PL) foi reeleito com mais de 110 mil votos e terá 100% da câmara como aliada. Isso coloca um grande desafio para a esquerda de Suzano, pois a oposição a Rodrigo Ashiuchi será nas ruas, uma vez que quase todos os partidos estão na base de apoio ao prefeito. O PSOL seguirá como oposição ao prefeito reeleito, vamos seguir exigindo políticas públicas para a população suzanense. O PSOL Suzano apresentou apenas 5 nomes para disputar as eleições para vereador e mesmo assim conseguiu ter um resultado expressivo dentro da Frente de Esquerda. Em Suzano o PSOL conseguiu ter sua maior votação em uma eleição municipal e se consolida com uma importante força de esquerda na cidade. Entre para o PSOL! O partido da classe trabalhadora, da juventude, das mulheres, das LGBTQIA+, das negras e dos negros”, concluí a nota assinada pela Direção Municipal do PSOL Suzano.