PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

No litoral paulista, policial morre ao tentar salvar quatro crianças que se afogavam

No final da tarde de terça-feira (29), um policial militar morreu ao tentar salvar quatro crianças, que se afogavam em Itanhaém, no litoral de São Paulo.
Segundo o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), Diogo Gomes de Melo, de 31 anos, estava compondo o efetivo da Operação Verão no litoral paulista e estava de folga no momento do salvamento.

A esposa do policial relatou à corporação que, o marido entrou no mar para salvar quatro crianças que se afogavam (o filho dela, de 10 anos, e três sobrinhos, de 12).
Ele conseguiu alcançar duas, porém, acabou arrastado pela correnteza. As quatro crianças foram retiradas do mar por banhistas, salvas.

Os bombeiros foram acionados às 16h20 por rádio para salvar a vítima. A equipe se mobilizou para encontrá-lo, porém, pouco depois, por volta das 17h10, outro setor do GBMar foi acionado para atender à localização de um corpo no mar.

Com a chegada das equipes, foi constatado que tratava-se do policial desaparecido. O óbito foi confirmado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém.
O caso foi registrado no 2º Distrito Policial da cidade.