PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Suzano, Poá, Mogi das Cruzes e região regridem para fase laranja do Plano SP de flexibilização. Veja o que muda

Em coletiva, o governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (22), regras mais restritivas de isolamento social no estado.
A princípio, as cidades de Suzano, Poá, Mogi das Cruzes, toda a região do Alto Tietê, a capital paulista e a Grande São Paulo ficarão na fase laranja.
Além disso, o governo estadual decretou que todos os municípios passem para a fase vermelha do Plano SP todos os dias entre às 20h e às 6h, e aos feriados (dia inteiro) e finais de semana (dia inteiro).
Todas as medidas começam a valer a partir da próxima segunda-feira (25).

Veja o que muda, com a fase laranja:

  • Shoppings centers e galerias – Capacidade de 40%; funcionamento em no máximo 8 horas por dia, encerrando até 20h.
  • Comércio não essencial – Capacidade de 40%; funcionamento em no máximo 8 horas por dia, encerrando até 20h.
  • Lojas de conveniência – Não muda. Venda de bebidas alcoólicas permitidas apenas entre 6h e 20h em todas as três fases.
  • Serviços – Capacidade de 40%; funcionamento em no máximo 8 horas por dia, encerrando até 20h.
  • Restaurantes – Capacidade de 40%; funcionamento por no máximo 8 horas por dia, encerrando até 20h.
  • Bares – Devem permanecer fechados.
  • Salões de beleza e barbearias – Capacidade de 40%; funcionamento por no máximo 8 horas por dia, encerrando até 20h.
  • Academias de ginástica – Capacidade de 40%; funcionamento por no máximo 8 horas por dia, encerrando até 20h; agendamento prévio e hora marcada; aulas e práticas individuais.
  • Eventos e atividades culturais – Capacidade de 40%; funcionamento por no máximo 8 horas, encerrando até 20h; controle de acesso, hora marcada e assentos marcados; assentos e filas com distanciamento mínimo; sem público em pé.

Veja o que muda, com a fase vermelha:

  • Shoppings centers e galerias – Devem permanecer fechados.
  • Comércio não essencial – Devem permanecer fechados.
  • Lojas de conveniência – Não muda. Venda de bebidas alcoólicas permitidas apenas entre 6h e 20h em todas as três fases.
  • Serviços – Devem permanecer fechados.
  • Restaurantes – Devem permanecer fechados.
  • Bares – Devem permanecer fechados.
  • Salões de beleza e barbearias – Devem permanecer fechados.
  • Academias de ginástica – Devem permanecer fechados.
  • Eventos e atividades culturais – Devem permanecer fechados.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, a aumento de casos e mortes pela doença atingem o interior de forma mais alarmante.

“O que nós podemos observar neste momento é que o interior atinge seu pico na pandemia. Nós temos a maior média móvel dada historicamente no interior do estado. A pandemia atinge todo o território aqui do estado, mas o interior de forma mais contundente”, afirmou em entrevista ao Bom Dia São Paulo, da Rede Globo, na manhã desta sexta (22).