PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Acordo garante a continuidade do atendimento no Pronto Socorro da Santa Casa, em Mogi das Cruzes, por mais seis meses

Um acordo entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e a Santa Casa de Misericórdia assegura a continuidade dos serviços do Pronto Socorro da instituição de saúde por mais seis meses.
A decisão sobre a renovação do contrato foi tomada em uma reunião realizada na tarde da última sexta-feira (24).

Flávio Ferreira Matos, presidente do Conselho Fiscal da Santa Casa, comunicou que a direção do hospital está em busca de alternativas para financiar as despesas do atendimento. A necessidade de encontrar uma solução para o impasse na renovação do contrato levou os vereadores do município a se mobilizarem.

A intervenção do presidente da Comissão Permanente de Saúde da Câmara, vereador Otto Rezende, foi crucial para chegar a um desfecho pacífico, considerando o impacto negativo que o encerramento do pronto-atendimento teria sobre a cidade.