PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Seis dicas para economizar no final de ano e começar 2024 no azul”, por Robinson Guedes

Amigos leitores, vamos ser diretos e já partir para o que importa, que é a economia e o controle de gastos para o final deste ano e, automaticamente, início do próximo. Hoje vamos falar de sugestões e dicas para que você não exagere nos valores e possa começar 2024 mais tranquilo no trato das suas finanças.

Primeiramente, lembre-se dos gastos de início de ano. Nos primeiros meses de 2024, você precisará pagar IPVA, IPTU, renovação de matrícula, reajuste de serviços e outros mais. Portanto, economizar no fim de ano é importante não só pela fatura do cartão, mas também para dar conta dos próximos compromissos que irão surgir, o que lhe ajudará no segundo ponto, que é a quitação de dívidas. Quanto mais tempo você demora para pagar as contas, mais os juros irão correr, deixando o valor muito alto, comprometendo seu planejamento financeiro.

A terceira dica está no maior perigo das festas de final de ano, que é a compra de presentes. Agradar aqueles que amamos é ótimo, sem dúvida, mas será que esses itens precisam ser caros ou é possível buscar mimos mais baratos? Uma dica é separar a lista de presentes mais custosos para pessoas mais próximas e lembrancinhas aos mais distantes. Mas tenha em mente que você, sob hipótese nenhuma, deve deixar para comprar na última hora, sendo este nosso quarto ponto. Adiantar as compras te ajudará a economizar e não gastar muito, pois você terá mais tempo para pesquisar e identificar as lojas em que o produto está mais barato.

Seguindo nas comemorações do Natal e do Ano Novo para o quinto conselho, lembre-se que na hora de festejar, você não deve fugir do seu orçamento, afinal, são muitos os eventos no final de ano que podem causar um buraco no seu orçamento. Controle os gastos e destine valores específicos para cada saída, mantendo um planejamento médio.

Por fim, a sexta orientação é simples: crie metas para o futuro. Caso tenha dificuldades para economizar, tente guardar seu dinheiro e repense os gastos para focar no futuro, afinal, começar 2024 no vermelho será maléfico para quitar suas dívidas, forçando-o a recuperar o gasto exagerado, caso este não seja programado.

Ter atenção na administração das suas finanças na reta final do ano é muito mais importante do que se imagina. Depois dos últimos 31 dias de 2023, teremos mais 366 em 2024, portanto, saber usar o dinheiro de forma efetiva é um diferencial importante e, para isso, mantenha o foco e, se necessário, contrate um contador para lhe auxiliar.

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)