PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Exposição na Prefeitura: um povo com muita história!”, por Alex Santos

Meus amigos, na última semana, a Secretaria Municipal de Governo e as secretarias de Assuntos Jurídicos e de Comunicação Pública concluiu um processo importantíssimo para a preservação da lembrança e das histórias da nossa cidade com a exposição “História Especial 75 anos, de 1949 a 2024”, e é deste assunto que vamos falar hoje.

Este projeto, disponível para visitação no subsolo do Paço Municipal até este dia 17 (quarta-feira), conta com uma série de fotos que apresentam o desenvolvimento do município, incluindo o descerramento do laço inaugural do primeiro Paço Municipal pelo então prefeito Abdo Rachid, em 1952; a evolução da rua General Francisco Glicério; a antiga Igreja São Sebastião do Guaió; a Academia Terazaki e o Ginásio Paulo Portela, além de uma galeria com o antes e o depois de alguns cenários que mostram a vista aérea da cidade, a estação de trem e o endereço onde hoje funciona o Hospital Regional do Alto Tietê (HRAT).

A cerimônia de inauguração, ocorrida no Cineteatro Wilma Bentivegna, aconteceu na última quinta-feira (11), no Dia do Prefeito, por isso, além de abrir o rico acervo ao público, homenageamos o prefeito Rodrigo Ashiuchi, um grande incentivador deste projeto e da cidade como um todo. Além disso, outras importantes personalidades dos 75 anos de Suzano também receberam uma placa comemorativa.

O primeiro homenageado foi José de Gouvêa, grande compositor que criou o Hino de Suzano nos anos 1980. Nosso trabalho foi pautado pela pluralidade de etnias e culturas que criaram a identidade do município, algo que inclusive se faz presente nos belos versos da composição.

No processo, também homenageamos o historiador Ariovaldo Pereira Nunes, que contribuiu com seus arquivos para a exposição. Ele tem uma participação crucial na urbanização de Suzano, visto que o nosso primeiro Plano Diretor, formulado nos anos 1970, teve seus apontamentos e arquivos utilizados. Além destes, a Festa do Peão Boiadeiro e a organização do Concurso Miss Suzano o ajudaram a construir um rico acervo pessoal de mais de 45 mil fotos.

A última, mas não menos importante personalidade a receber a placa foi o comendador Estevam Galvão, um grande parceiro que esteve à frente da Prefeitura de Suzano por quatro mandatos, tendo uma contribuição destacada para a história da cidade, seja enquanto prefeito, ou enquanto deputado.

Preservar e enaltecer a rica história de Suzano é uma missão de todos nós, seja você um membro do poder público ou da sociedade civil. Por isso, este importante trabalho é motivo de muito orgulho para o Governo, para as secretarias de Assuntos Jurídicos e de Comunicação Pública e para toda a gestão.

Por fim, destaco que tudo isso não seria possível sem o apoio e parceria do prefeito Rodrigo Ashiuchi e da primeira-dama Larissa Ashiuchi. Nossa cidade, que os têm como nomes históricos de sua evolução no presente e no futuro, agora também os devem à preservação de uma importante parte do passado!

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)