PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Suzano unida pelo Rio Grande do Sul”, por Alex Santos

Meus amigos, como todos nós sabemos, o Rio Grande do Sul passa por um dos piores desastres climáticos de sua história, com águas invadindo as ruas da Grande Porto Alegre, inundando equipamentos públicos e forçando o fechamento de uma série de serviços, dando início a uma verdadeira calamidade que, infelizmente, segue tirando vidas. Assim, bem como outros municípios e organizações, Suzano se comprometeu a ajudar da melhor forma possível, sendo que a solidariedade do nosso povo é o tema do artigo desta segunda-feira.

No último dia 6, o prefeito Rodrigo Ashiuchi e a primeira-dama Larissa Ashiuchi anunciaram uma força-tarefa para a arrecadação de itens diversos que serão destinados às famílias gaúchas. A ação, organizada pelo Fundo Social de Solidariedade, esteve recebendo itens como garrafas de água e produtos de higiene pessoal e de limpeza até a última sexta-feira (10/05), garantindo insumos importantes para a sobrevivência de centenas de famílias. Com a parceria da Defesa Civil e do Fundo Social do Estado de São Paulo, os materiais serão destinados ao Sul em uma grande corrente solidária.

A parceria em momentos de dificuldade vem definindo o povo suzanense que, mais uma vez, se uniu com base na compaixão ao próximo. Digo aqui, por toda a gestão Ashiuchi, que este espírito que cerca a nossa comunidade é motivo de muito orgulho, em especial ao analisar outros contextos envolvendo a solidariedade, tais quais as últimas Campanhas do Agasalho e outros mutirões. Inclusive, lembro a todos que esta não é a primeira vez que nossa gente fez o bem em prol do socorro a outras cidades e regiões do Brasil.

Em 2023, o Fundo Social de Suzano também arrecadou mantimentos para as famílias atingidas pelas fortes chuvas ocorridas no Litoral Norte e no Litoral Sul do Estado de São Paulo. Na oportunidade, cidades como Bertioga, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba registraram índices pluviométricos superiores a 600 milímetros em 24 horas. Na ocasião, por meio de um mutirão que envolveu todo o município, que ainda foi potencializado pela troca de ingressos de uma partida do Suzano Vôlei, destinamos aproximadamente 1,2 tonelada de alimentos às famílias litorâneas afetadas pelas chuvas.

Fazer a nossa parte em prol do bem ao próximo é um sinal de empatia e compaixão. Por isso, em nome do prefeito Rodrigo Ashiuchi, ressalto a todos que, em um momento de extrema fragilidade, ainda é possível contribuir e fazer a diferença para quem mais precisa. Que Deus proteja e guarde as famílias do Rio Grande do Sul. Daqui de Suzano, seguimos todos acompanhando esta catástrofe e orando pelo bem de toda essa gente.

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)