PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Promotoras Legais Populares: Compromisso com as mulheres suzanenses!”, por Alex Santos

Meus amigos, a última quinta-feira (23), foi marcada pela formatura da 11ª turma das Promotoras Legais Populares de Suzano, uma iniciativa de altíssima relevância promovida pelo Serviço de Ação Social e Projetos Especiais, o Saspe, com a brilhante direção da primeira-dama Larissa Ashiuchi e coordenação da advogada Sandra Lopes Nogueira. No artigo de hoje, vamos falar sobre esse projeto que já ultrapassou as fronteiras da nossa querida cidade e vem crescendo mais e mais.

Primeiramente, é bom contextualizar a natureza desta grande ação. O projeto anual tem como objetivo compartilhar informações relevantes às mulheres de forma que estas tenham as bases necessárias para a defesa de seus direitos e empoderem outras mulheres, bem como fortalecer o processo de desenvolvimento de cada uma delas. Tal realização é fruto das parcerias diversas que servem de incentivo ao crescimento profissional e cidadão das mulheres participantes e, em um efeito cumulativo, às mulheres que estão à volta das promotoras.

Falando do grupo número 11 da ação, a turma contou com aproximadamente 300 participantes ao longo dos nove meses de treinamento, com todas recebendo uma série de orientações em múltiplas vertentes relacionadas ao direito e à cidadania, incluindo noções de direito previdenciário, formas de combate à intolerância religiosa, métodos para promoção da acessibilidade e muito mais. Inclusive, meus amigos, vale ressaltar que todas as 34 aulas deste ciclo se encontram disponíveis no canal oficial da Prefeitura de Suzano no Youtube (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano).

Organizada para garantir o empoderamento das mulheres, a iniciativa vem se fortalecendo a cada ano e alcançando munícipes de outras cidades, indo muito além de Suzano. Os temas abordados já tiveram repercussão em todo o Alto Tietê graças à formação à distância que compreende, por exemplo, polos específicos localizados em Poá, Ferraz de Vasconcelos, e até mesmo em outros estados, incluindo Minas Gerais.

O sucesso desta ação demonstra que o trabalho feito pelo Saspe vem tendo um efeito muito positivo, afinal, ter um transformador social que incentiva mulheres de várias partes do país a lutar pelos seus direitos representa a diferença na busca por uma sociedade mais justa e igualitária. Este é, sem dúvida, um objetivo muito reforçado na gestão do prefeito Rodrigo Ashiuchi e que deve ser comum a todos nós, afinal, a compaixão por uma causa e o empenho são capazes de transformar nosso meio, mesmo que aos poucos.

Mais uma vez, registro aqui meus parabéns às formandas, em especial à prefeita de Poá, Marcia Bin, que também realizou sua formação no curso. Tenho certeza de que cada uma das alunas aplicará os ensinamentos obtidos em prol do empoderamento feminino. Por fim, aproveito ainda para agradecer mais uma vez a primeira-dama Larissa Ashiuchi e a coordenadora Sandra Lopes Nogueira pelos resultados que vêm sendo conquistados, além de destacar, mais uma vez, que Suzano é de todos. Quando há respeito, todos podemos conviver em harmonia, sempre colaborando pelo progresso da nossa sociedade.

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)