PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“Participar de eventos ajuda a atrair clientes?”, por Rebeka Assis

A frase “quem não é visto, não é lembrado” saiu de uma música e conquistou várias pessoas, aparecendo em palestras motivacionais e narrativas de “coachs”. Mas para quem tem um orçamento específico para marketing, fica a dúvida: vale a pena a sua empresa participar de eventos?

No último mês, eu estive diretamente envolvida com a organização de um evento da empresa na qual presto serviços. A ideia de organizar um encontro para unir empreendedoras do Alto Tietê e gerar momentos de networking era algo ousado e que demandava muita responsabilidade.

Ontem, dia 21 de março, tive a oportunidade de ver o resultado de toda a correria e posso afirmar, com tranquilidade, que os resultados foram muito melhores do que as nossas metas iniciais.

E você pode se questionar: por que você está compartilhando essa experiência aqui na coluna? Porque ontem eu recebi a resposta para uma dúvida antiga minha.

Sim, vale a pena a sua empresa participar de eventos. Entenda mais sobre.

Por onde começar?

Tenha uma equipe de comunicação e/ou marketing.

Essa é a primeira dica que eu dou e que considero algo indispensável. Isso porque não é tão simples encontrar eventos – como feiras, congressos e seminários – nos quais a presença da sua empresa faça sentido. E é a parte de comunicação/marketing que pode te ajudar a enxergar essa participação de uma forma estratégica.

Além disso, é importante saber qual a maior prioridade da empresa no momento. É reforçar a autoridade para os clientes existentes? É conquistar mais parcerias? É “furar a bolha” e ser conhecida por novos públicos?

Essas respostas são fundamentais para extrair o máximo de benefícios que a presença em um evento pode te trazer.

O que nos leva à próxima pergunta…

Participar de um evento ou montar o seu próprio?

Como comentei no início, eu participei ativamente da organização de um evento. Isto é, algo de zero.

Isso significa que a sua empresa precisa iniciar a própria jornada de divulgação assim? De forma alguma. Pelo contrário…

Antes de montarmos nosso próprio evento, participamos de vários, com intuitos diferentes. Em alguns, queríamos nos aproximar mais dos clientes, apresentando nossos serviços de forma simples e dinâmica.

Em outros, a ideia era reforçar a nossa importância no mercado em que atuamos. Logo, o evento servia para nos colocar em grau de competitividade com outros concorrentes e gerar conteúdo para o site e redes nos dias seguintes.

Mas se eu pudesse te dar uma dica sobre como iniciar essa caminhada de popularidade, diria para encontrar um evento que tenha a ver com o seu público-alvo e participar dele.

Pode ser com um stand modesto ou algo mais extravagante (nada de quebrar o caixa da sua empresa, viu?!), mas é importante viver essa experiência por vários motivos, sendo os principais:

  • Você aprende a vender o seu produto/serviço fora do ambiente no qual está acostumado(a), o que te obriga a conhecer mais sobre o mercado e desenvolver mais de uma técnica de venda;
  • Enquanto expositor, consegue observar a parte “interna” do evento e captar o que funciona ou não, quase como um estágio, sabe? Isso facilita – e muito – na hora de desenvolver um evento próprio, pois você aprende a identificar quais erros podem ser evitados – e como; e
  • Se você já tem uma presença na internet, pode usar esse momento para criar ainda mais conteúdo orgânico e divulgar em seu site e redes, mostrando para seus clientes que a sua empresa é engajada e reconhecida no meio empresarial.

Espero que tenha gostado das dicas. Que os próximos meses sejam repletos de eventos e negócios fechados para você e sua empresa.

Bom trabalho e até semana que vem!

E aí, você tem alguma dúvida que gostaria de ver respondida aqui na coluna?

Envie uma mensagem no meu Instagram ou um e-mail para contato@rebekaassis.com.br, e eu terei todo o prazer em responder.

Aproveite e conheça meu trabalho em www.rebekaassis.com.br.

(Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do HojeDiario.com)