Foto: Karina Adote Já/Facebook

Um eletricista de 55 anos foi preso após matar covardemente um cavalo, na tarde desta quinta-feira (25), na avenida Castelo Branco, no distrito de César de Souza, em Mogi das Cruzes. Ele foi flagrado tentando fugir após cometer o ato de crueldade com o animal, de propriedade de um preparador de máquinas da região.
O flagrante do crime ocorreu próximo do sítio onde o acusado reside, local onde o cavalo foi morto com uma espécie de lança.

Após o crime, o eletricista foi agredido por pessoas que testemunharam o ocorrido e o mesmo foi salvo da confusão pelo investigador Ronaldo Batalha que, por fim o encaminhou para a delegacia onde o autuou.
Segundo informações de moradores da região onde ocorreu o crime, não teria sido a primeira vez que o homem agiu cruelmente contra animais.
O acusado foi levado para a Cadeia de Mogi das Cruzes após a conclusão dos procedimentos jurídicos, respondendo por praticar ato de abuso à animais, ferir ou mutilar e dano qualificado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui