PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Dia Mundial do Braile: Suzano tem acervo com mais de 250 volumes de livro em braile

PUBLICIDADE

O dia 4 de janeiro é marcado como o Dia Mundial do Braile.
A data foi instituída para chamar a atenção da sociedade sobre a importância de assegurar formas de inclusão de pessoas com deficiências visuais na escrita e no acesso aos livros. Por isso, o portal HojeDiario.com consultou a Prefeitura de Suzano sobre seu acervo de livros em braile.

Segundo Censo Demográfico de 2010, o índice de pessoas que não conseguiam ver de forma alguma ou com grande dificuldade era de 3,4% da população brasileira, cerca de 6,5 milhões de pessoas. Em São Paulo, o número de pessoas que tinha a visão totalmente comprometida era 143.426, enquanto aqueles que viam com grande dificuldade era de mais de 1 milhão de pessoas.

A cidade de Suzano, em 2010, registrou 576 pessoas com deficiência visual, que não conseguiam ver de modo algum, e 7.543 pessoas que tinha grandes dificuldades. Para garantir acessibilidade, principalmente, no que se trata de áreas culturais e de leituras, a Prefeitura Municipal garante um total de 280 livros escritos em braile na Biblioteca Municipal Professora Maria Eliza de Azevedo Cintra, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi.

Lá, a pessoa com deficiência visual terá acesso a diversos livros e ainda a uma estrutura completa, com computador, ampliador automático, scanner leitor de mesa, teclado ampliado, mouse estacionário, software de voz sintetizada para atuação com o software leitor de tela NVDA, display braile e uma impressora braile, tudo para garantir a inclusão dessa parte da população muitas vezes invisibilizada.

Braile

O Braile é um sistema alternativo de leitura para pessoas com deficiência visual. Foi criado pelo francês Louis Braille, em 1825. Cego após um acidente na oficina do pai, adaptou métodos utilizados por soldados franceses para comunicação noturna. A versão final foi apresentada por ele em 1837 e introduzido no Brasil em 1854. 

O sistema é baseado em pontos com relevo em papéis, que são aprendidos por meio do contato com a ponta dos dedos. Por meio da combinação de seis pontos, é possível fazer até 63 caracteres diferentes. 
Segundo a União Mundial de Cegos, apenas 5% dos livros em todo o mundo são transcritos para o Braile. Em países mais pobres, esse percentual cai para 1%.

(por Leonardo Lima, Estagiário em Jornalismo, sob supervisão do editor)

Participe do canal “Clube Hoje Diário” no Telegram, é totalmente grátis

Temos um convite para todos vocês que acompanham o site HojeDiario.com, conheça o canal “Clube Hoje Diário” no Telegram.
Lá, vocês terão acesso a notícias fresquinhas, vagas de emprego, informações sobre concursos públicos, entretenimento e muito mais.
Ofereceremos sorteios, promoções e cupons de descontos especialmente para membros do canal.
Lembrando, para participar do canal Clube Hoje Diário, É TOTALMENTE DE GRAÇA.
Para participar, basta você ter Telegram e acessar o link https://t.me/clubehojediario