Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador João Doria anunciou, nesta quarta-feira (03), que a Secretaria de Saúde de São Paulo enviará à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) um pedido de urgência para autorizar a aplicação de vacinas contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade.

“Na manhã de hoje, membros da nossa equipe de saúde participaram de uma reunião técnica com profissionais do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A doutora Regiane de Paula, Coordenadora do Plano Estadual de Imunização, participou deste encontro representando o Estado de São Paulo”, disse Doria.

Segundo a doutora Regiane, assim que a Anvisa aprovar a imunização dessa faixa-etária, o estado estará preparado para vacinar em massa. “São Paulo e seus 645 municípios de São Paulo têm condições técnicas para iniciar a vacinação assim que a Anvisa liberar a aplicação no país. A imunização das crianças é um importante passo para o controle da pandemia e a proteção da população”, disse ela.

A coordenadora do Plano Estadual de Imunização disse que o pedido é enviado próximo da data em que a farmacêutica Pfizer fará uma solicitação à Agência para aprovação do uso de sua vacina em crianças. “A Anvisa deve receber, nos próximos dias, uma solicitação também da Pfizer para que ela possa aprovar essa vacina para essa população, da mesma forma que FDA e CDC já aprovaram nos EUA”, continuou.

CoronaVac para crianças

Durante a coletiva de imprensa, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, ainda defendeu a eficácia e a segurança da CoronaVac em crianças. Segundo ele, vários estudos são enviados à Anvisa para que ela reconsidere a avaliação feita em agosto, que negou a autorização a administração do imunizante em crianças e adolescentes.

“A CoronaVac é a vacina mais segura para uso em crianças e adolescentes na faixa de 3 a 17 anos. É a vacina que foi mais aplicada nessa população no mundo. Hoje, já próximo de 70 milhões de crianças e adolescentes vacinados com essa vacina. E ela aqui na América do Sul já está em uso no Chile desde setembro”, disse Covas.

O diretor ainda disse que há a expectativa de ocorrer uma nova reunião nos próximos dias para tratar novamente da aprovação do uso da CoronaVac em mais uma faixa-etária. “Esses dados têm sido oferecidos quase que online para a Anvisa, à medida em que são gerados. Solicitamos para essa semana uma nova reunião com a Anvisa para revisão de dados que já chegaram, inclusive, esta semana. Estamos nesse processo. Esperamos, sim, que haja um entendimento da Anvisa de que essa é uma vacina que já tem seu perfil de segurança demonstrado, principalmente para essa população”, finalizou.

Vacinação em São Paulo

Até o momento, São Paulo é o segundo estado com maior cobertura vacinal contra a Covid-19 do Brasil, atrás apenas do Paraná. O estado já aplicou mais de 72 milhões de doses, tendo 83% da população já imunizada com pelo menos uma dose da vacina e 68,50% com o esquema vacinal completo. Além disso, São Paulo já aplicou mais de 2 milhões de doses de reforço em pessoas idosas, imunossuprimidas e profissionais da saúde.

Participe do canal “Clube Hoje Diário” no Telegram, é totalmente grátis

Temos um convite para todos vocês que acompanham o site HojeDiario.com, conheça o canal “Clube Hoje Diário” no Telegram.
Lá, vocês terão acesso a notícias fresquinhas, vagas de emprego, informações sobre concursos públicos, entretenimento e muito mais.
Ofereceremos sorteios, promoções e cupons de descontos especialmente para membros do canal.
Lembrando, para participar do canal Clube Hoje Diário, É TOTALMENTE DE GRAÇA.
Para participar, basta você ter Telegram e acessar o link https://t.me/clubehojediario

(Matéria com informações do G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui