PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Após problemas, fim das baldeações na Estação Suzano da Linha 11-Coral são adiadas pela CPTM; Não há previsão de nova data

O fim das baldeações na Estação Suzano da Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi adiada novamente, descumprindo o prazo que estava previsto para a última quarta-feira (10). Este é o segundo adiamento e não há previsão de nova data.

O atraso se deve a uma falha no sistema de energia, detectada na madrugada de quarta-feira (10), por volta das 3:50, na subestação de Braz Cubas, localizada em Mogi das Cruzes. Técnicos da companhia estiveram empenhados ao longo desta quinta-feira (11) na resolução do problema, trabalhando para restabelecer o sistema normalmente.

As mudanças na Linha 11-Coral eliminaria a necessidade de baldeação na Estação Suzano, simplificando as viagens dos passageiros. Com a nova configuração, os trens circulariam em dois loops: um interno, com menor intervalo, ligando as estações da Luz a Guaianazes, e um externo, com maior intervalo, conectando as estações da Luz a Estudantes.

Conforme a nova estratégia que será implementada pela CPTM, nos dias úteis e nos horários de pico, definidos entre 5:30 e 9 horas, e 16 e 20 horas, os trens partirão da Estação da Luz com destino a Guaianazes a cada quatro minutos, e a Estação Estudantes a cada oito minutos. No sentido inverso, trens da Estação Estudantes se dirigirão à Estação da Luz.