PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Operação em Poá fiscaliza “batidões de som”, na área central da cidade

No último fim de semana, uma operação conjunta entre a equipe de Fiscalização de Posturas e a Guarda Civil Municipal (GCM) de Poá foi realizada na área central da cidade, onde várias estruturas de som, conhecidas como “paredão”, foram instaladas por bares e adegas. A iniciativa visou atender denúncias relacionadas ao excesso de barulho, que contraria a legislação municipal sobre controle da poluição sonora.

De acordo com a Lei Municipal, o bem-estar público deve ser preservado, estabelecendo limites para a emissão de sons e ruídos. Os limites são claros: até 70 decibéis pela manhã, 60 decibéis à tarde e 50 decibéis à noite, com um horário limite para qualquer emissão de ruídos às 23h59.

A operação foi motivada pela necessidade de assegurar o sossego público, diante do uso de “paredões” que excediam os níveis permitidos de ruído. Com o apoio da GCM, a Fiscalização de Posturas interveio prontamente, visando cessar as atividades que infringiam a lei.
A Prefeitura de Poá informou que novas operações estão planejadas para ocorrer nos próximos dias.