PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Operação fiscaliza loteamentos irregulares na região do bairro do Barroso em Mogi das Cruzes

Nesta quinta-feira (17), uma operação conjunta foi deflagrada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes, juntamente com o Grupo de Fiscalização Integrada da Área de Proteção e Recuperação dos Mananciais do Alto Tietê e Cabeceiras, tendo como foco a região do bairro do Barroso.

A ação resultou no embargo de dois loteamentos devido ao parcelamento irregular do solo, uma prática que envolve a divisão de terrenos em lotes menores sem a devida autorização dos órgãos competentes. Estes loteamentos estavam situados em uma Área de Proteção e Recuperação de Mananciais (APRM), tornando sua existência contrária à legislação vigente.

As áreas identificadas como APRM têm como objetivo principal assegurar a produção de água e o abastecimento, sendo componentes cruciais do sistema Alto Tietê.
Em Mogi das Cruzes, essas áreas de mananciais abrangem aproximadamente 49% do território municipal.