PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Homem é procurado, suspeito de ter matado ex-sogro comerciante de Suzano e ateado fogo na casa da ex-companheira

A Polícia procura por suspeito de assassinar comerciante de 47 anos, em Ribeirão Pires, no último dia 30 de abril. João Nelson foi assassinado a tiros ao estacionar em frente a uma clínica médica na cidade. O suspeito é ex-genro da vítima, Vinicius dos Santos Rodrigues, que também teria ateado fogo na casa da ex-companheira.

João era conhecido como Mineiro do Sacolão e tinha lojas de hortifrúti em Suzano e região. Era casado e pai de cinco filhos. Ele estava na cidade vizinha para fazer exames médicos, quando foi surpreendido por quatro homens que pararam ao lado de seu carro. Dois saíram do veículo e um deles efetuou vários disparos contra a vítima, que morreu no local.

A Polícia procura por Vinicius, que é o principal suspeito de ter premeditado o crime. Ele já vinha em muitos conflitos com a família e a tensão entre o homem e João estava aumentando nos últimos tempos.

A filha da vítima já tinha uma medida protetiva contra o homem. Em 10 de março, ele teria invadido à casa da mulher e ateado fogo no apartamento, que ficou totalmente destruído.

A esposa de João também disse que eles vinham recebendo várias ameaças e um dos sacolões em Suzano foi incendiado e que o ex-genro teria participado do crime.

O caso foi registrado na Delegacia Central de Ribeirão Pires e será investigado pelo SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa), da Delegacia Seccional de Santo André. Já o caso de violência contra a ex-companheira é investigado pela Delegacia da Mulher de Suzano.

Caso veja Vinicius, a denúncia pode ser feita pelo número 181, do Disque Denúncia, ou pelo site: https://www.webdenuncia.sp.gov.br/cidadao/denuncie.